Governo de São Paulo anuncia início da reabertura econômica para a próxima semana na RMVale

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou na tarde desta quarta-feira (27) o início do Plano São Paulo para a próxima segunda-feira (1º de junho). O plano inicia a reabertura econômica no estado após mais de dois meses de quarentena, implementada em 24 de março.

A “Retomada Consciente”, como o plano vem sendo tratado pelo governador, será gradual e dividida em cinco fases. Atualmente, estamos na fase 1, no cenário de quarentena, no qual apenas os serviços essenciais estão liberados. 

A fase 2 – que na Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, a RMVale, se inicia no dia 1º de junho – dá início à abertura gradual de serviços, empresas e comércios. 

Comércio de São José dos Campos

Fechado desde o dia 24 de março, comércio da RMVale poderá abrir as portas em 1º de junho

Essa retomada gradual contempla a liberação de shopping centers, atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios e comércios. A reabertura de empresas e comércios seguirá protocolos e diretrizes elaborados pelo governo, que podem ser consultados no site www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/planosp.

O Plano São Paulo segue gradativamente até a fase 5, intitulada de “Normal Controlado”, quando todas as atividades estarão em pleno funcionamento, mas ainda seguindo normas de higienização e distanciamento. 

Regionalização

A retomada será realizada em ritmos diferentes dependendo de cada região. A regionalização leva em conta duas principais características: a capacidade hospitalar e a evolução da pandemia de Covid-19 nas cidades.

A evolução das fases será reavaliada a cada duas semanas, também com base no quadro da pandemia. Doria advertiu que é possível, no caso de avanço nos números de infectados pelo novo coronavírus, que as cidades retrocedam nas fases de reabertura ou, até mesmo, voltem ao cenário de quarentena. 

“Não teremos compromisso com o erro. Não hesitaremos em regredir na reabertura caso os níveis de isolamento social, leitos hospitalares e avanço da doença fiquem críticos em alguma região”, afirmou o governador.

O que abre

Separada em fases, a reabertura econômica vai privilegiar, em um primeiro momento, atividades consideradas mais seguras pelo governo estadual. Confira o que abre em cada uma das etapas:

Fase 2 (controle), a partir de 1º de junho na RMVale
– Shopping centers

– Atividades imobiliárias 

– Concessionárias

– Escritórios 

– Comércios

 

Fase 3 (flexibilização)

– Bares, restaurantes e similares
– Salões de Beleza

 

Fase 4 (abertura parcial)

– Academias

 

Fase 5 (normal controlado)

– Espaços públicos

– Teatros e cinemas

– Eventos com aglomeração (incluindo os esportivos)

Deixe sua opinião