Embraer negocia vendas do C-390 Millenium com oito países

Estima-se 490 aeronaves por US$ 60 bilhões

A Embraer elaborou sua previsão de 20 anos para vendas de aeronaves C-390 Millenium, estimando um mercado para 490 aeronaves desse tipo, no valor aproximado de US$ 60 bilhões. Atualmente, a empresa confirmou pedidos firmes de 31 equipamentos das Forças Aéreas do Brasil (19), Hungria (2), Holanda (5) e Portugal (5).

Já a Força Aérea Brasileira, que começou a usar o KC-390 em 2022, agora possui cinco aeronaves desse tipo e a sexta já está sendo preparada para entrega. Além disso, dois exemplares desse transporte tático irão se apresentar na exposição aérea de Paris neste mês, sendo um deles da Força Aérea Brasileira e o outro a ser entregue a Portugal até o final deste ano.

O presidente-executivo da Embraer, Francisco Gomes Neto, revelou à FlightGlobal que a empresa continua em negociações com pelo menos oito países, incluindo Hungria, Romênia e Suécia, que buscam substituir seus aviões militares.

À Holanda, que já definiu o C-390 como seu substituto dos antigos C-130, a Embraer planeja entregar atualizações nos padrões da OTAN. Além disso, o C-390 também está sendo promovido no Oriente Médio.

 

Publicado por: www.meon.com.br

Deixe sua opinião