Em busca de novos investimentos, Doria embarca ao Japão

O governador João Doria (PSDB) segue neste domingo (15) para o Japão. Na pauta, novos investimentos do país asiático para o estado de São Paulo. A agenda prevê encontros entre os dias 17 e 20 de setembro nas cidades de Tóquio e Nagoya. 

Na terça (17), Doria se encontra com o vice-presidente da Agência Internacional de Cooperação Japonesa, Koshikawa Kazuhiko, em Tóquio. Logo depois, ele se reúne com representantes do Japan Bank for International Cooperation. O dia termina com uma visita à governadora de Tokyo, Yuriko Kokye.

Na quarta (18), o governador tem reunião com investidores da área de infraestrutura, além de encontro com o embaixador do Brasil em Tóquio, Eduardo Saboia. A delegação ainda cumpre mais quatro compromissos ao longo do dia com executivos, entre eles o presidente da Toyota Brasil, Rafael Chang.

Na quinta (19) e sexta (20), a comitiva segue para Nagoya. Na cidade, o governador visita o museu e a fábrica da Toyota e ainda se encontra com o CEO da montadora para a América Latina, Massahiro Inoue. A expectativa é que durante o encontro seja anunciado um novo investimento da montadora em São Paulo.

“É uma missão específica de atração de novos investimentos e geração de empregos. O principal encontro será com a Toyota, que tem duas fábricas no Estado, no qual vamos anunciar um novo investimento, um novo veículo e novos empregos em uma das unidades de São Paulo”, afirma o governador.

Doria reforça presença asiática no estado

AGC

A AGC Vidros do Brasil, que pretende ampliar a atuação em Guará. Foto: Divulgação

A visita do governador ao Japão reforça a tendência de cooperação bilateral entre as maiores economias asiáticas com as cidades do estado de São Paulo. E a história recente mostra que as cidades da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte costumam se beneficiar com os investimentos vindos do outro lado do mundo.

Em 2013, a japonesa AGC iniciou as atividades de sua nova fábrica de vidros em Guaratinguetá, com investimento de R$ 750 milhões. Já em 2014, a Cherry inaugurou em Jacareí a sua primeira fábrica no Brasil. O investimento à época foi de R$ 800 milhões.

Desde 1973, o Governo de São Paulo já assinou 21 acordos de cooperação com o Japão em setores variados, como segurança pública, meio ambiente, desenvolvimento econômico e educação, entre outros.

Deixe sua opinião