Buser lança programa universitário em São José dos Campos

Com um auditório cheio de jovens estudantes de todo o Brasil e que agora vão morar, estudar e trabalhar em São José dos Campos, a startup de mobilidade Buser realizou nesta segunda-feira (4) a cerimônia de abertura do Buser Tech, novo programa universitário que irá formar profissionais de TI de alto desempenho.

O boas-vindas aconteceu no Parque Tecnológico e contou com os 40 alunos matriculados no programa, entre eles a Clara Santos, de 27 anos, que veio da Paraíba e trocou a carreira de advogada pela área de tecnologia.

“Eu me mudei para São Paulo há alguns anos para trabalhar com o Direito, que é a profissão em que me formei, mas eu percebi que queria outra vida, algo em que eu pudesse trabalhar de qualquer lugar e que pudesse exercer de forma remota, se quisesse. Como o meu pai é engenheiro e programador, quando pensei em uma transição de carreira, eu soube que era esse o meu caminho”, conta Clara.

Voltado para jovens talentos que queiram se profissionalizar na área de TI, esta é a primeira edição do Buser Tech, que recebeu cerca de 5 mil inscrições de estudantes de todo o Brasil.  Do total de selecionados para o programa, 60% cursaram o Ensino Médio em escolas públicas e 40% são mulheres. 

“A Buser está mudando a mobilidade no Brasil e agora vai mudar também a educação. Eu tenho certeza que após os quatro anos do programa nós vamos ter os melhores profissionais do mercado de tecnologia porque eles já vão sair na frente, já que vão aprender enquanto trabalham na área. Essa ideia de unir teoria e prática já com oferta de emprego fez jovens que já tinham passado em faculdades renomadas desistirem desses cursos para fazer parte do Buser Tech.”, explica o CEO da Buser, Marcelo Abritta. “Antes nós tínhamos 120 profissionais trabalhando na área de tecnologia na Buser. A partir de hoje nós temos 160.”

Estudo e Trabalho

O estágio, para os 39 novos contratados da Buser,  já começa nesta semana e será remunerado, com salário mensal de R$ 3 mil. Além do salário, os estudantes recebem benefícios como plano de saúde, vale-refeição e um adicional pela prática de esportes que pode chegar a 10% da remuneração. 

Com o programa, os jovens farão parte do dia a dia da equipe de tecnologia da Buser com um estágio de seis horas diárias em que devem assumir desafios individuais e em equipe dentro da empresa. Além da experiência profissional, os participantes também deverão escolher um dos oito cursos acadêmicos oferecidos pela Faculdade Descomplica, que é a maior plataforma de ensino online do Brasil com certificação aprovada pelo MEC com foco em cursos de tecnologia.

 “Nós acreditamos que uma pessoa que passa o dia todo estudando muitas vezes não tem tempo de fazer um estágio, como ela vai entrar no mercado de trabalho? Isso separa o que a gente aprende da realidade, como se a vida acadêmica e o mercado de trabalho não andassem juntos. E essa parceria vai trazer o conhecimento de ensino superior já aplicado no mercado e, por isso, esses profissionais vão se formar muito mais preparados para o mercado que mais cresce no momento, o da tecnologia.” ressalta Francisco Borges, Vice-presidente da Faculdade Descomplica.

O programa terá a duração de quatro anos e, segundo a Buser, a ideia é que novas turmas sejam formadas no futuro.

Buser Tech

Buser Tech

Deixe sua opinião